Neste domingo (29.04), às 20h, encerram as inscrições do concurso público para provimento de 10 vagas para o cargo de promotor de Justiça Substituto do Ministério Público do Estado de Mato Grosso. Os candidatos farão a prova preambular objetiva no dia 10 de junho, que contará com 100 questões objetivas de múltipla escolha. Em seguida, serão realizadas as provas discursivas, oral e de títulos. Podem se inscrever bacharéis em Direito, com no mínimo três anos de atividade jurídica. O subsídio do cargo corresponde ao valor de R$ 17.277,69.

Para a inscrição preliminar, o candidato deverá preencher requerimento padronizado, exclusivamente pela internet, disponível no endereço eletrônico www.ufmt.br/concursos. O candidato deverá efetuar o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 150,00 ou comprovar a isenção, nos termos da legislação estadual. As pessoas com deficiência terão reservados 10% do total das vagas.

Leia também:  Concurso trará tranquilidade e segurança a servidores da Educação, diz governador

Encerrado o prazo para as inscrições preliminares, a relação dos candidatos admitidos no processo seletivo preambular objetivo será publicada, no no dia 30 de maio, no Diário oficial do Estado, no site do Ministério Público (www.mp.mt.gov.br) e no endereço eletrônico da UFMT, com indicação do dia, hora, local e tempo de duração da realização da prova preambular objetiva. Os candidatos classificados até a 60ª colocação da prova serão convocados por edital para as provas discursivas, que serão realizadas nos dias 13 e 15 de julho.

As questões das provas discursivas e oral irão tratar de temas referentes ao Direito Penal, Processual Penal, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Constitucional, Direitos Humanos, Direito Eleitoral, Direito Administrativo, Direito Financeiro e Tributário, Direitos Difusos e Coletivos, entre outros. O resultado dessas provas será publicado no dia 24 de agosto.

Leia também:  Em Mato Grosso, vacinação contra a gripe vai até sexta-feira (09) apenas para os grupos de risco

Posteriormente, o candidato aprovado terá que efetuar a inscrição definitiva. No dia 1º de outubro será feita a divulgação da relação dos candidatos admitidos para a prova oral, que será divulgada na convocação dos participantes. Encerrada a prova oral, a Comissão procederá ao julgamento do concurso, apurando a média final de aprovação e apreciando, para efeito de classificação, os títulos apresentados.

COMISSÃO- A Comissão, que será presidida pelo procurador-geral de Justiça, Marcelo Ferra de Carvalho, e composta por mais três procuradores de Justiça e um representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), supervisionará a execução do concurso. A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) executará as provas preambular objetiva e discursivas, além do exame psicotécnico. Já a prova oral, os exames médicos e a prova de títulos ficará sob a responsabilidade da Comissão do Concurso.Confira o edital do concurso público na íntegra: http://www.mp.mt.gov.br/conteudo.php?sid=73&cid=56360

Leia também:  Sema firma parceria com Instituto Semeia para melhorar gestão de parques urbanos
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.