Fontes ligadas ao palácio do Planalto, dizem que o governo já começou a pressionar a base aliada no Congresso Nacional para que seja aberto o processo contra o senador Demóstenes Torres (Sem Partido) no conselho de ética do Senado.

A equação, na visão de Lula e Dilma, para pressionar a oposição é simples, investigar Demóstenes mais CPI para investigar os esquemas de Carlinhos Cachoeira, devem resultar em manchas no governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), a quem Lula detesta.

Advertisements
Leia também:  J. Barreto é citado no mensalinho

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.