A vendedora A.R.S. (30) foi agredida e ameaçada pelo companheiro, o motorista Jerbson Joaquim da Silva (31) na noite deste domingo (22/04) no bairro Dom Osório. A vendedora A.R.S. informou a Polícia Militar (PM) que Jerbson da Silva usou de um capacete para agredir a sua cabeça e ainda levou socos e chutes do companheiro.

A vendedora A.R.S. afirmou a PM que as agressões só não continuaram porque sua filha havia pedido socorro aos vizinhos e a PM. De acordo com a Polícia Militar, Jerbson da Silva ainda agrediu a própria filha antes de fugir do local.

Segundo a PM, quando a vendedora A.R.S. estava dentro do carro da guarnição Jerbson da Silva ligou e afirmou que seu objetivo era matar a companheira. A PM foi até a casa da mãe suspeito, mas o endereço era do irmão de Jerbson, que não foi localizado.

Leia também:  Espaço Rio Vermelho Vivo recebe últimos preparativos para o Festrilha que acontece neste fim de semana

Por se queixar de dores na cabeça e no corpo a vendedora A.R.S. foi encaminhada para cuidados médicos no Pronto Atendimento (PA). O caso foi registrado no Centro Integrado de Segurança e Cidadania (CISC) e será investigado pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.