O vereador e presidente municipal do Partido Social Democrático (PSD), Milton Mutum, avaliou em entrevista ao AGORA MT, que o parecer do procurador-geral eleitoral, Roberto Gurgel, negando o pleito da direção nacional do partido, na participação do fundo partidário e solicitando tempo no horário eleitoral gratuito, não deve influenciar em nada a participação do partido em Rondonópolis nas próximas eleições.

“Só depois de julgado no TSE é que vamos poder saber o que realmente vai acontecer, (…) em Rondonópolis não vai ter interferência nenhuma, (…) dificilmente o dinheiro do fundo chegaria à Rondonópolis, já que esta verba fica restrita a direção nacional e regional para desenvolvimento de campanhas, então a meu ver não haverá nem interferência positiva ou negativa para nós”, avaliou Mutum.

Leia também:  Detentos assistem peça teatral pela 1ª vez em Cuiabá

Com relação ao parecer de Gurgel que nega tempo de TV ao PSD, o vereador, disse que: “Vamos esperar a decisão do TSE, por enquanto não fomos informados desta situação”, Mutum, ainda reforçou que o PSD, tem trabalhado para eleger vereadores e o seu candidato a prefeito nas próximas eleições.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.