A Associação Mato-Grossense de Municípios – AMM vai montar o evento “Caminhos para o Desenvolvimento” que reunirá na próxima semana prefeitos e lideranças da região sul do estado para discutir um dos principais problemas de Mato Grosso: a logística. O debate acontecerá na quinta-feira (3) no auditório da Prefeitura, a partir das 8 horas da manhã.

O evento é um pedido do prefeito José Carlos do Pátio à AMM para fomentar a estruturação de uma frente que cobre e organize politicamente o desenvolvimento da infraestrutura de estradas e ferrovias no estado, especialmente na região de Rondonópolis, que é porta de saída da produção agrícola mato-grossense.

Na ocasião será confeccionada uma carta, esboçando as sugestões de solução para o tema. Esta deve ser entregue ao governador Silval Barbosa, no dia 9 de maio no 29º Encontro de Prefeitos de MT, na sede da AMM, em Cuiabá. O material ainda segue para as mãos da bancada federal e senadores do estado em Brasília, na marcha dos prefeitos à capital federal, que acontece no dia 16 de maio.

Leia também:  Protesto contra aumento de impostos sobre combustíveis continua em rodovias de MT

Um dos tópicos de discussão são os terminais ferroviários intermodais de Alto Taquari e os de Itiquira e Rondonópolis, os dois últimos com previsão para entrarem em funcionamento ainda este ano. Além deste, outro ponto central das conversações é a situação e as possíveis obras das rodovias mato-grossenses responsáveis pelo escoamento dos grãos para o sul e sudeste do Brasil.

PARCEIROS

O evento ainda conta com o suporte técnico da Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT e do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia – Crea do MT. Já confirmaram presença no evento os presidentes da Amm – MT, Meraldo Figueiredo Sá; do Crea – MT, Juarez Silveira Samaniego e a procuradora de Assuntos Fundiários, Ambientais e Urbanísticos da Prefeitura de Cuiabá, Tatiane Monteiro.

Leia também:  Governo paga servidores da ativa nesta segunda-feira (10)

Os deputados mato-grossenses, especialmente os representantes da região sul, devem marcar presença na solenidade, assim como o secretário-chefe da casa civil, José Lacerda.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.