Com o objetivo de consolidar a rota turística Pantanal – Amazônia – Andes e Pacífico, os Estados de Mato Grosso, Rondônia e Acre, representados pelos seus respectivos secretários de turismo, assinaram na no dia 10 de abril, o Termo de Cooperação Técnica para a formatação desse roteiro.

Em uma breve explanação o diretor de Relações Institucionais da Trip Linhas Aérea, Victor Rafael Celestino, disse que a empresa opera em 88 destinos no país, sendo 38 na Amazônia Legal. Ele disse que o roteiro entre os três Estados é uma oportunidade única para se explorar belezas naturais nunca vista em outras regiões. “Vamos levar a proposta para ser
analisada, mas já adianto que será muito bem aceita pela diretoria”, disse.

Leia também:  Servidores públicos lavam AL em ato contra a corrupção

Animada e com expectativa de lançar o roteiro na edição da ABAV 2012, que irá acontecer em outubro no Rio de Janeiro, a secretária de Turismo e Lazer do Acre, Ilmara Rodrigues lembra que o roteiro é um sonho antigo. “Estamos muito animados, esta é a quarta reunião que promovemos entre Mato Grosso, Rondônia e Acre, agora mais próximo da realidade esperamos consolidá-lo o quanto antes”, frisa.

Já para o secretário de Turismo de Rondônia, Basílio Leandro de Oliveira, destacou a importância da rota integrada em consonância com os países andinos. “Estávamos de costa para os nossos vizinhos. Agora queremos aproximação e dialogar de frente na construção de uma parceria forte com o Peru, Bolívia e Paraguai que assim como nós têm belezas naturais a
serem exploradas”, afirmou.

Leia também:  UNEMAT divulga lista de aprovados do vestibular 2017/2

Para a secretária Teté Bezerra o encontro serviu para fortalecer a parceria. Ela destacou a importância da participação do Sebrae dos três Estados na construção do estudo de viabilidade do roteiro. Lembrou ainda que a iniciativa privada representada pelo trade de cada federação tem que se empenhar para o projeto realmente sair do papel e ser visto como produto tanto para o turista interno como externo. “Hoje o turismo de sol e de praia já é constituído precisamos oferecer o que temos de melhor que é o ecoturismo, de contemplação, de aventura sem esquecer a sustentabilidade”, completa a secretária.

A iniciativa contou ainda com a participação de representantes do Sebrae dos três Estados, do Trade Local, dos Cônsules da Bolívia e do Paraguai e aconteceu na Secretária de Estado de Desenvolvimento do Turismo – Sedtur.

Leia também:  Mortes envolvendo motociclistas teve queda de 67% nas BRs-163 e 364
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.