Os telefones fixos e a internet das secretarias municipais de Saúde e Educação estão mudos desde quinta-feira (27/04), segundo informações de funcionários que não quiseram se identificar o motivo seria a falta de pagamento dos serviços às operadoras, já que os telefones continuam a receber ligações.

Um dos principais setores afetados pelo corte é o Pronto Socorro (PA), onde o telefone é a principal ferramenta para a regulação de vagas para os pacientes serem transferidos.

Esta não é a primeira vez que os serviços de telefonia e internet são cortados na gestão Pátio por falta de pagamento.

Advertisements
Leia também:  Ganhando 'presentes'

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.