“Estamos fazendo um estudo de readequação para identificar uma série de elementos que podem ser ajustados para chegar a uma situação mais próxima da sustentabilidade, e que vão muito além do mero gerenciamento de descartes”. A observação, feita pela coordenadora do Núcleo de Educação Ambiental, Valmíria Antônia Fernandes dos Santos Constantino, que diz respeito ao monitoramento que a Secretaria de Meio Ambiente – Semma tem realizado junto aos 15 Pontos de Entrega Voluntária – PEV de lixo eletroeletrônico.

A ação tem o objetivo de aprimorar o serviço oferecido pela administração pública ao cidadão, visando beneficiar a sociedade como um todo. “A iniciativa está cumprindo o seu papel, agora é com a população, que deve exercer sua cidadania e fazer sua parte neste grande projeto sócio ambiental”, diz o secretário Luis Divino Gobbis Gonçalves de Araújo.

Leia também:  Dia dos Namorados deve movimentar comércio de Rondonópolis

O retorno social vai impactar positivamente em todas as esferas de vivência do cidadão, segundo o chefe da pasta. “O trabalho de conscientização das comunidades já vem sendo realizado nas escolas da rede municipal e estadual, e em empresas parceiras do projeto. Procuramos desta forma fazer com que todos se sintam parte deste projeto”, acrescenta Luiz Araújo.

Valmíria Constantino observa que os resíduos de lixo eletrônico, que muitas vezes se acumulam nas residências, contem material nocivo para a saúde. “Baterias, pilhas e materiais desta natureza contem produtos que podem causar danos à saúde das pessoas, e se jogados em locais impróprios podem contaminar o meio ambiente”.

MATERIAIS RECOLHIDOS

Leia também:  Tapete colore Rondonópolis para a celebração do Corpus Christi

Os cidadãos podem e devem levar aos PEV’s materiais como computadores, monitores e periféricos (mouse, teclado, no-break); impressoras, notebooks e laptops; fontes de alimentação; placas de circuito; processadores; baterias e pilhas; fios e cabos diversos; telefones celulares, televisores, rádios, DVD, vídeo cassete e similares.

PONTOS DE COLETA

Além da Prefeitura Municipal, o cidadão pode levar o lixo eletroeletrônico em outros 13 pontos de coleta. São eles o supermercado Favorito, na Avenida Presidente Kennedy; Atacadão, na Avenida Bandeirantes; Supercenter Supermercados, na Avenida Rui Barbosa; Gonçalves Supermercado, na Avenida Rotary Internacional (Jardim Participação); Bonzão Supermercado, na Avenida Presidente Castelo Branco (Vila Operária) e em três unidades do Supermercado Tropical: Jardim Atlântico, Jardim Iguaçu e Jardim Tropical.

Leia também:  Empresário expande comércio em Rondonópolis

Os pontos restantes são o ‘Espaço Jovem’ Cidadão, da Avenida Bandeirantes (Bairro Lajeadinho); no Shopping Popular (em frente ao Cais); Terminal Rodoviário ‘Alberto Luz’; Forlux Center da Vila Birigui e no Posto Fórum do bairro Parque Universitário.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.