Lama invadiu a Feira de artesanto de Teresópolis - Foto: Tássia Thum / G1

Subiu para 994 o número de pessoas desabrigadas por conta das fortes chuvas que atingiram Teresópolis, região serrana do Rio de Janeiro, segundo boletim da Defesa Civil. Cinco pessoas morreram e 15 ficaram feridas por conta dos deslizamentos que ocorreram na cidade.

De acordo com a Defesa Civil, uma nova contagem apontou esse número, entre adultos e crianças. Foram interditadas 160 casas, sendo sete no bairro de Fátima, 30 no Perpétuo, 27 no Rosário, cinco no Barroso, duas no Pimentel, seis no Vale da Revolta, 75 em Araras e Santa Cecília, e oito na Coréia.

Os desabrigados estão sendo encaminhados a cinco espaços organizados pela prefeitura. São eles: Escola Municipal Marilia Porto (rua Cecília Meirelles, 517, bairro de Santa Cecília), Ciep Sebastião Mello (rua Acre, 432 – Rosário), Centro Educacional Rose Dalmaso (rua Palmira Maria de Oliveira, 131, bairro de São Pedro), Creche São Pedro (rua Luis Noguê Júnior, 771 – São Pedro) e Associação de Moradores do Vale da Revolta.

Leia também:  Helicóptero faz pouso forçado após ser alvejado com tiros no RJ

Os mortos na tragédia são Joice Rosa, 16 anos, do bairro Quinta Lebrão; Jaílson Cunha, 26, do Pimentel; Keila Pires, 26 e Maria Helena, 56, do mesmo desabamento no Bom Retiro; e Rosângela Moraes, 42, de Santa Cecília.

As vítimas foram encaminhadas ao Hospital das Clínicas de Teresópolis ou para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

A Defesa Civil ainda informou que equipes estão realizando neste sábado avaliações de danos e vistorias.

O Governo do Rio deve enviar 100 homens, além de máquinas e caminhões para auxiliar na limpeza do município. Três carros pipas estão sendo disponibilizados para a limpeza das áreas atingidas.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.