Um túnel com cerca de 30 metros foi descoberto na manhã desta segunda-feira (14) por agentes do presídio Osvaldo Florentino Leite (conhecido como Ferrugem), que fica na cidade de Sinop, a 503 km de Cuiabá. De acordo com a administração do presídio, os agentes notaram uma movimentação “estranha” de presos durante à noite e no início desta manhã. Em seguida, eles iniciaram uma revista entre as celas da unidade. No mês passado, 36 presos fugiram do Ferrugem usando um túnel semelhante ao que foi encontrado hoje pelos agentes.

Conforme o diretor adjunto do presídio, Sandrinei Rodrigues, os detentos foram retirados das celas do raio amarelo para que o local fosse revistado. “Mesmo com o efetivo reduzido, nós conseguimos vasculhar a área e encontrar o túnel de quase 30 metros”, declarou. Rodrigues explicou ainda que na cela onde o túnel foi encontrado havia 25 detentos. “Os presos só não fugiram porque os agentes perceberam a movimentação estranha durante a noite e ficaram monitorando”, afirmou.

Leia também:  Última semana de inscrições para Vestibular da Unemat

Em entrevista, o diretor adjunto do presídio revelou que uma das principais dificuldades para impedir as fugas é a superlotação da unidade prisional. “A capacidade do presídio é para abrigar apenas 326 detentos, mas atualmente tem mais de 720. Além disso, tem a falta de agentes penitenciários para atender a demanda de presos. A média deveria ser de 25 agentes na unidade, porém nós trabalhamos com apenas 10”, garantiu o diretor.

OUTROS CASOS
Apenas neste mês de maio, quatro fugas foram registradas nos presídios mato-grossenses. A primeira delas ocorreu no dia 2, quando dois detentos da Cadeia Pública de Chapada dos Guimarães fugiram. Os dois já foram recapturados. No dia 3 de maio, 36 presos escaparam do Presídio Ferrugem. Eles cavaram um túnel de cerca de 30 metros e fugiram durante a madrugada. Do total de detentos que escaparam, apenas 16 foram recapturados até agora.

Leia também:  Eleição 2018 em Mato Grosso terá voto impresso em 363 urnas

Na madrugada do último domingo (7), dez detentos fugiram na Cadeia Pública de Lucas do Rio Verde, a 360 quilômetros de Cuiabá. Os presos serraram as grades da cela onde estavam e pularam o muro da unidade. Já no dia 8 de maio, oito detentos escaparam da Penitenciária Central do Estado (antigo Pascoal Ramos) em Cuiabá. Conforme a Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), os presos conseguiram escapar por volta das 3h.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.