O ex-presidente da Câmara, Ananias Martins de Souza Filho, concedeu a sua primeira coletiva de imprensa após a sua posse como prefeito de Rondonópolis, na tarde desta terça-feira. Ananias manteve o seu discurso de que vai priorizar as obras de tapa buraco, a travessia urbana e as questões da contaminação do Rio Vermelho.

Durante a entrevista Ananias falou que toma posse, mas que o mandato continua sendo do José Carlos do Pátio que está buscando retomar o cargo através da justiça. “Estive com Pátio hoje e ele está ciente dos encaminhamentos. Pátio me desejou sorte e se colocou a disposição caso precise de algo por parte dele”, fala.

O novo prefeito afirmou que já recebeu ligações dos deputados da região como forma de apoio e que agora quer também a colaboração de toda a sociedade civil como clubes de serviços, secretários, servidores e vereadores para que a cidade caminhe. “Neste momento não tenho tempo para errar e por isso preciso do apoio de todos”, diz.

Leia também:  Consumidores investem em produtos criativos para presentear no Dia dos Pais

Ananias garantiu que nenhum dos programas ou obras que estão sendo executados em prol do município serão afetados por mudanças, assim como o PAC (Programa de Aceleração e Crescimento). “Quero unificar os projetos políticos de forma que os projetos de Pátio terão continuidade, assim como o PAC”, alega.

Segundo Ananias será disponibilizado um telefone onde a população vai poder ligar para informar os buracos que existem na pavimentação da cidade. “Mesmo que seja preciso que os funcionários da Coder façam hora extra quero deixar a cidade sem buracos em 20 dias, além da limpeza do centro de Rondonópolis que deve ser efetuada urgente

SECRETARIADO

Ananias marcou uma reunião com todo o secretariado para quarta-feira, às 7h. De acordo com ele a princípio não está previsto exonerações e que antes de tomar qualquer atitude quer que cada secretário faça um ‘cheque list’ de tudo o que se passa para depois ver o que é o melhor a ser feito.  “Não tenho tempo para modificações de cargos o que quero é mudar os comportamentos”, conta.

Leia também:  1ª Trans tem seu nome social incluído ao CPF em Rondonópolis

A primeira dama, Juciane Pereira Borges, segundo Ananias não deve assumir a Secretaria de Assistência Social e que quem permanece no cargo é Neuma de Morais.

SANEAR

Durante a coletiva Ananias assinou a portaria de exoneração da presidente do Sanear Terezinha Silva Souza, o diretor técnico Júlio Goulart e do assessor jurídico da autarquia, Célio Benjamim.

Segundo o prefeito Ananias já há nomes para a substituição dos cargos e que inclusive um dos escolhidos aceitou o cargo, mas que por enquanto não vai divulgar nomes para os cargos de presidente e diretor.

O advogado Marcelo Martins de Oliveira foi convocado pelo novo prefeito a assumir funções jurídicas do Sanear. “Ele é de minha inteira confiança e está apto a ajudar Rondonópolis”, diz Ananias.

Leia também:  3º Batalhão de Bombeiros de Rondonópolis tem novo comandante

LEGILASTIVO

O líder do Governo na Câmara Municipal escolhido por Ananias foi o vereador Lourisvaldo Manoel de Oliveira (Fulô). “Ele é uma pessoa que vai poder deixar o legislativo bem antenado com o prefeito. Fulô é rápido e articulado para poder dar encaminhamento no que for preciso”, conta.

GOVERNO DO ESTADO

Ananias afirmou que vai pedir aos deputados que marquem uma audiência entre o prefeito, vereadores e governador de Mato Grosso, Sinval Barbosa, para que seja feito uma aproximação. “Não vamos aceitar que Rondonópolis fique sem o que é de direito. Queremos que os recursos da cidade sejam liberados”, finaliza.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=GrwnA9qbSoc[/youtube]

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.