O prefeito em exercício, Ananias Filho (PR), acaba de fazer o registro da sua chapa para concorrer as eleições indiretas no próximo dia 13 de junho.

Valéria foi nome de consenso dentro do PMDB para compor a chapa - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

A necessidade da eleição complementar aconteceu por causa da cassação da chapa eleita em 2008, composta pelo ex-prefeito José Carlos do Pátio (PMDB) e sua vice Marília Salles, com isso, o cargo de prefeito acabou ficando vago, obrigando ao terceiro na linha sucessória, o presidente da Câmara Municipal, assumir o comando da prefeitura até que fossem realizadas novas eleições.

Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

Na chapa inscrita por Ananias consta como vice, a esposa do médio e vereador Dr. Manoel, Valéria Bevilacqua, indicada pelo seu partido, o PMDB, depois que Dr. Manoel retirou seu nome da disputa para manter a unidade da sigla em Rondonópolis.

Leia também:  Palanque de Taques pode ter Pátio, Percival, Rogério e Sachetti

OUTRA CHAPA

Até o momento a Câmara Municipal de Rondonópolis só recebeu o registro da chapa, Ananias/Valéria, apesar do Partido dos Trabalhadores (PT) ter anunciado o nome dos ex-vereadores,  Juca Lemos e Chiquinho Gimenes, como candidatos a prefeito e vice respectivamente para as eleições indiretas.

Outro nome que chegou a se lançar como candidato a prefeito foi o servidor da própria Câmara e filiado ao Partido Democrático Trabalhista (PDT), Jaime Cícero, ou Kiko como é mais conhecido.

O prazo final para inscrição de chapas que pretendam disputar as eleições indiretas, onde só tem direito a voto os vereadores no exercício do mandato, devem ser feitas até as 17 horas de hoje (31/05).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.