Foto: arquivo AGORAMT
Foto: arquivo AGORAMT

O Sindicato dos Bancários de Mato Grosso (SEEB) contabiliza 53 ataques a caixas eletrônicos, em Mato Grosso, neste ano. O balanço divulgado, hoje, aponta um aumento de aproximadamente 70% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados 31. O último ataque aconteceu, ontem de madrugada, em Primavera do Leste. Um caixa, instalado dentro de um posto de saúde, foi explodido. O valor levado ainda não foi divulgado.

O número de ataques gera cobrança por parte do sindicato às agências. “Mesmo com os altos índices de ações envolvendo caixas eletrônicos, os bancos continuam sem agir para reforçar a segurança. Eles simplesmente instalam os caixas e não fazem investimento para pelo menos, dificultar as ações. As explosões continuam e o medo persiste nos municípios do nosso Estado”, disse o presidente da entidade, Arilson da Silva, por meio de assessoria.

Leia também:  Pequenos devedores tem negociação de dívida facilitada pelo governo de MT

A Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos em 2011, divulgada em marco, apontou Mato Grosso o terceiro estado com maior incidência, sendo registrados 125 casos. O levantamento é realizada pela Confederação Nacional dos Vigilantes (CNTV) e a Confederação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT).

Das ações criminosas, a pesquisa mostrou que 67 foram arrombamentos, 35 tentativas e 23 assaltos efetivados. Na modalidade “novo cangaço”, o Estado registrou 12 ações.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.