O Departamento de Estado dos EUA anunciou na quinta-feira (10/05) que a emissão de vistos para cidadãos brasileiros aumentou 59% de outubro do ano passado a março deste ano em relação ao mesmo período de 2010-2011. O número passou de 350 mil para 555 mil.

“Em mercados como China e Brasil, nós estamos vendo uma demanda explosiva. Nós diminuímos dramaticamente o tempo de espera para entrevistas para conseguir o visto ao mesmo tempo aumentamos nossa capacidade para emiti-lo”, disse Brooke S. Moppert, do escritório de assuntos consulares do Departamento de Estado.

Ontem o órgão americano divulgou detalhes do plano anunciado em janeiro pelo presidente Barack Obama de ampliar a presença de turistas nos EUA. Brasil e China desempenham papel central no programa, que pretende que o número de visitantes no país alcance 100 milhões por ano até 2012.

Leia também:  Gari percorre mais de 30 km para levar pão e água para usuários de droga na Cracolândia

A meta representa 50% de aumento em relação ao patamar atual.

O Departamento de Estado voltou a dizer que está trabalhando com o governo brasileiro para que o Brasil seja incluído no programa que dispensa cidadãos visitando temporariamente os EUA de visto.

De acordo com o órgão, ainda há exigências que o Brasil precisa cumprir antes de ser beneficiado. Uma das exigências é que a taxa de recusa de vistos no país seja inferior a 3%, hoje está em torno de 4% a 5%.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.