Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

O deputado federal e presidente regional do partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), Carlos Bezerra, em coletiva concedia na manhã desta sexta-feira (11/05), pediu para que os jornalistas e a imprensa em geral transmitam tranquilidade à população, “A cidade não vai sofrer traumas com esse episódio político, a relação entre o prefeito José Carlos do Pátio e o presidente da Câmara Municipal, Ananias Filho é muito boa”, disse.

Bezerra ainda revelou que as obras e recursos federais e estaduais serão mantidos sem nenhuma alteração, “As obras do PAC sem nenhuma anormalidade, os R$ 20 milhões do BNDES serão aplicados, as emendas federais serão aplicadas na cidade, tudo vai continuara correr dentro da normalidade, sem nenhum prejuízo para o município”, tranquilizou.

Leia também:  Em visita técnica, equipe da Sema conheceu de perto a estrutura da Itaipu Binacional

Cassação de Pátio

O deputado federal, ainda falou sobre o processo de cassação e avanços da administração de Pátio, “A justiça foi dura no processo que cassou o prefeito José Carlos, com todo o meu respeito ao judiciário, mas como foi uma decisão judicial só nos resta cumprir”, lamentou.

Bezerra também lamentou o golpe sofrido pelo seu partido, “Já é o segundo prefeito do partido na cidade que sofre comum processo de cassação, isso foi um golpe muito duro no PMDB, mas o prefeito sempre teve o nosso total apoio, prova disso, foi a minha intervenção na armação do caso Milane”.

Apesar dos problemas judiciais, Bezerra considera que a administração Pátio implementou grandes avanços, “O prefeito José Carlos do Pátio soube aproveitar o programa Minha Casa Minha Vida do Governo federal e trouxe para o município aproximadamente três mil casas, na agricultura familiar foram implantadas diversos  programas que tem auxiliado os pequenos produtores”.

Leia também:  Equipe medalhista de atletismo embarca para mais uma competição com apoio do Município

Eleições 2012

O presidente regional do PMDB ao falar sobre eleição indireta, no caso da cassação de Pátio, que já houve uma reunião entre ele e a bancada de vereadores do município, “Decidimos na reunião realizada ontem (10/05) que vamos aguardar a decisão do Tribunal Superior Eleitoral sobre o pedido de cautelar e liminar feita pelos advogados de defesa do prefeito, que deve ser apreciada em uma semana, para só depois avaliarmos se vamos disputar a eleição indireta e participação no governo do presidente da Câmara, antes disso nada será discutido”, revelou.

Wilson Santos

Bezerra disse que o episódio do apoio de Pátio ao candidato ao governo Wilson Santos (PSDB) na eleição de 2010 faz parte do passado, “Já foi tudo superado, o governador Silval Barbosa já passou uma borracha sobre esse assunto, o que passou, passou, não vamos ficar revivendo o passado, temos que olhar para frente, (…) todos os compromissos assumidos pelo governador, para Rondonópolis, serão mantidos e vão ser cumpridos, (…) só tivemos um problema financeiro no governo por isso o atraso em algumas obras anunciadas”.

Leia também:  Demolição provoca guerra de vídeos nas redes sociais entre suplente e vereador
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.