Os rondonopolitanos já pagaram desde o início do ano mais de R$ 154 milhões em impostos. A arrecadação da cidade subiu 14% este ano, já que no ano passado de janeiro a maio o valor não passou de R$ 135 milhões, segundo os dados do site Impostômetro, mantido pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP) nas esferas municipal, estadual e federal.

A média paga por habitante nesses cinco meses chega a R$ 731,82 até o dia de hoje. No ano passado durante esse mesmo período o valor pago por habitante era de 9% a menos, ou seja, R$ 666,87. Isso para os rondonopolitanos que ganham apenas um salário mínimo significa que dos cinco meses trabalhado, um foi para pagar impostos.

Leia também:  Conta de luz deve ficar mais cara em agosto pelo aumento de tributos sobre diesel

Em Mato Grosso, os impostos pagos chegam a R$ 2 bilhões. No país, o volume ultrapassa R$ 500 bilhões de impostos municipal, estadual e federal. A carga tributária brasileira é considerada uma das mais altas do mundo.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.