Devido ao aumento de casos de Dengue em Mato Grosso, um fumacê começou a ser usado contra a dengue em bairros da região do Cristo Rei em Várzea Grande a partir desta segunda-feira (28/05).

De acordo com o G1 MT, o superintendente de Vigilância e Saúde da Secretaria de Estado de Saude (SES), Oberdan Lira informou que apenas bairros que atendem a critérios estabelecidos pela secretaria serão atendidos.  “Eles foram escolhidos por critérios como densidade populacional, número de imóveis e incidência semanal de casos de dengue”, explicou o superintendente.

O superintendente afirmou ao G1 que um critério determinante para a escolha dos bairros foi a limpeza. Onde as localidades que passaram por limpeza urbana é que receberam a borrifação de fumacê. O motivo da escolha foi porque o método só mata os mosquitos. “Se ainda tiver criadouro no local, mesmo que use o fumacê, não vai ter efeito porque apenas cinco dias depois, o mosquito vai estar nascendo”, detalhou Oberdan.

Leia também:  MPE quer condenação de ex-secretário e mais 6 por desvios na Educação

A diretora de vigilância e saúde de Várzea Grande, Maria Guimarães Eckart, relatou ao G1 que os moradores precisam deixar portas e janelas abertas quando o fumacê passar. “Os mosquitos se escondem atrás dos móveis. Com a casa fechada o veneno não mata o transmissor”, comentou.

CASOS

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, Mato Grosso já registrou em 2012, 23.864 casos de dengue. O registro é 300% maior quando é comparado ao mesmo período de 2011 onde a quantidade foi de 5.865 casos. A SES confirma que oito pessoas morreram por causa da doença no Estado.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.