Apresentação dos dados referente o mes de abril. Foto VArlei Cordova/AGORA MT

O balanço do mês de abril das ações do Gabinete de Gestão Integrada (GGI) para redução nos índices de acidentes no transito de Rondonópolis registrou um declínio no número de feridos em acidentes. Os dados foram apresentados na manhã desta sexta-feira (04/05) no auditório da OAB.

Com base nos registros do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) o coronel do Corpo de Bombeiros, Vanderlei Bonoto, informou que em 2.009 houve 2.726 feridos, no ano seguinte o índice subiu para 2.978 e ano passado foram 3.160 feridos, um crescimento médio anual de 7,96%. Em abril de 2.011 foram feridas 284 pessoa e neste ano a quantidade de feridos reduziu para 215, quando a projeção seria de 307 vítimas de acidentes.

Leia também:  Nuvem de fumaça faz escola municipal dispensar alunos

De acordo com o comandante Regional da Polícia Militar de Rondonópolis, coronel Valdivino Tavares Pimentel, é comprovado que os registros de acidentes caem quando é feita uma ação mais intensa nas ruas e o trabalho do programa ‘Rondonópolis em Trânsito’ tem que ser constante para que haja uma conscientização da população.

Valdivino relatou que foram registrados em abril 62 flagrantes, por embriagues, 278 autuações por irregularidade, 44 Carteiras Nacionais de Habilitação e 130 veículos foram recolhidos. Além dos 150 mil panfletos que foram entregues em palestras realizadas nas igrejas, escolas e empresas, bem como em bares e casas noturnas da cidade.

Nildeson Cândido da Silva, secretário executivo do GGI, disse que o resultado obtido até o momento é reflexo do trabalho de todo o grupo que compõe o GGI e acredita que estão no caminho certo e irão atingir o objetivo que é diminuir o número de acidentes e mortes com a educação dos motoristas.

Leia também:  Inscrições para desfile cívico de 7 de Setembro estão abertas

Segundo Nildeson em abril de 2.010 morrem nove pessoas em acidentes de trânsito, ano passado o indicie caiu para seis e este ano morrem quatro pessoas em acidentes no trânsito.

Também integram o GGI a Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Serviço de Atendimento Móvel Urgência (SAMU), Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Rondonópolis (ACIR) e 18º Grupo de Artilharia e Campanha (GAC).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.