O restaurante Grand Beer divulgou uma nota oficial sobre o falecimento de Edson Sant’ Ana. Foto: Varlei Cordova/AGORAMT

O restaurante Grand Beer divulgou uma nota oficial sobre o falecimento de Edson Sant’ Ana. Alguns veículos de comunicação informaram que havia boatos de que o apresentador de tv teria sido agredido dentro do restaurante, minutos antes de sua morte, na madrugada de domingo. O corpo de Edson foi encontrado na rua, próximo ao restaurante. No exame de necropsia ficou constatado que o apresentador não sofreu nenhuma lesão e que a causa da morte foi um infarto do miocárdio.

A administração do Grand Beer não nega o desentendimento de Edson com outro cliente do restaurante, mas afirma que seguranças interviram e colocaram a outra parte envolvida para fora do local. Ainda de acordo com o estabelecimento comercial, Edson permaneceu no restaurante por mais algum tempo, pagou o que havia consumido e saiu.

Nota na íntegra

Lamentamos muito o falecimento do apresentador e amigo Edson Santanna. O Grand Beer tinha o maior respeito pelo profissional, inclusive patrocinava seu programa. Edson esteve no estabelecimento onde passou a noite inteira se divertindo, comemorando seu aniversário. Lamentamos também o sensacionalismo, o despreparo, irresponsabilidade e a falta de profissionalismo por parte de alguns setores da imprensa local, que apenas baseados em fofocas e em uma testemunha que nem sequer tem coragem de olhar para as câmeras, estão denegrindo a imagem de um estabelecimento e de seus donos que há mais de 20 anos prestam relevantes serviços a este município. 

A polícia já tem as imagens das câmeras de segurança do GRAND BEER que, diga-se de passagem, foram enviadas antes mesmo de serem requisitadas pela competente Polícia Civil de Rondonópolis. Nelas dá para ver claramente o momento em que começa um desentendimento supostamente provocado pelo apresentador,  na sequência dá pra ver claramente os seguranças retirando  A OUTRA PARTE ENVOLVIDA das dependências da choperia, não o Edson. Um minuto depois aparece o apresentador sozinho, com nenhum segurança por perto, passando pelo caixa e ASSINANDO SUA CONTA, POIS COMO JÁ FOI DITO, ALÉM DE AMIGO, ELE ERA PARCEIRO COMERCIAL DA CASA. Uma outra câmera mostra que depois disso ele se sentou sozinho em uma mesa e, mais uma vez SEM NENHUM SEGURANÇA POR PERTO, e logo em seguida ele se levanta e sai tranquilamente por volta de 03:40 hs da manhã, tudo filmado. Não é nem sequer razoável acreditar, depois que se vê as imagens, que ele teria sido agredido por seguranças, já do lado de fora quando ia em direção ao seu veículo, uma vez que toda a ação da segurança do local até ali fora no sentido de preservar sua integridade física. Ademais, o laudo pericial feito no corpo já saiu. Nele a causa da morte foi considerada natural, (infarto do miocárdio) e segundo a perícia, apesar de muito novo, nosso amigo tinha sérios problemas cardíacos, pulmonares e hepáticos. Outro ponto do documento oficial do médico legista deixa bem claro que Edson não possuía nenhuma lesão externa, quando é sabido que “armas de choque” deixam marcas de queimadura sobre a pele, ainda que o choque tenha sido aplicado sobre as vestes.

Gostaríamos de deixar claro que como cidadãos livres de um País democrático de direito, temos a firme opinião de que a democracia não subexiste sem uma imprensa livre e forte, porém responsável. Feita essa colocação, pedimos a todos os amigos e clientes que aguardem o final das investigações, que são sérias e independentes, para que a verdade real apareça.

Grand Beer

 

Leia também:  Número 192 do SAMU está fora de área
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.