Como é anualmente tradicional, a Associação Nacional dos Confinadores (Assocon), realizou no mês de abril um levantamento que apontou algumas previsões para o mercado em 2012, como por exemplo, a estimativa de crescimento de 13%, que está em linha com levantamento de outros centros de pesquisa. Recentemente, o Banco Original divulgou um aumento de 19% no mercado de confinamento e a Informa Economics FNP estimou um crescimento na ordem de 14,8% e produção de 3,87 milhões de animais confinados para 2012, número bem próximo ao que foi projetado pela Assocon, de 3,9 milhões de cabeças.

Conforme os entrevistados pelo levantamento da Assocon quanto à expectativa para a engorda no mês de abril, os entrevistados associados afirmaram ter em reserva 63% do volume de gado disponível para a engorda, ante 77% no mesmo período de 2011. Outro dado importante é a taxa de ocupação estimada em torno de 25%, sendo que a projeção para junho é de 47% e para julho, de 67% de ocupação. De acordo com as informações fornecidas pelos confinadores em relação à venda desses animais aos frigoríficos neste 1º semestre de 2012, o volume de gado entregue corresponderá a 12%, com preço médio da arroba (conforme contrato BM&F) de R$ 94,02.

Leia também:  Veículos com mais de 18 anos serão isentos de IPVA a partir de 2018

Já entre Julho e Agosto o fornecimento para a indústria está estimado em 32% com o preço da arroba projetado para R$ 98,50; entre Setembro e Outubro, a projeção do índice de entrega aponta para 38% com média de preço R$ 100,90/@, e entre Novembro e Dezembro, 18% com preço médio a R$ 102,68/@.

Atualmente a Associação Nacional dos Confinadores reúne 65 associados ativos, totalizando 71 confinamentos distribuídos nos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Pará, Bahia, Maranhão, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.