O técnico Mano Menezes durante entrevista coletiva após convocação para a seleção brasileira Foto: Marcelo Sayão - 11.mai.2012/Efe

A seleção se reúne nesta quinta-feira (24/05) em Hamburgo, na Alemanha, para uma série de quatro amistosos antes da definição do time que irá à Londres-2012.

E a grande preocupação do técnico Mano Menezes é com a defesa. Mais especificamente, com o estado físico dos principais jogadores do setor.

Seu quarteto titular intocável hoje é composto por Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo. Todos estão em final de temporada.

O primeiro já teve que ser cortado, por ter sofrido uma lesão na clavícula. O jogador do Barcelona vai levar oito semanas para se recuperar.

Os zagueiros acabam de voltar de contusões complicadas. Thiago Silva ficou quase um mês sem jogar por causa de lesão na coxa direita.

Leia também:  Torneio de tênis começa nesta quarta em Cuiabá

David Luiz ficou 35 dias fora do Chelsea, também por lesão muscular na coxa direita, e voltou no último sábado, quando ajudou o time a ganhar a Copa dos Campeões.

Mas o zagueiro revelou ter jogado com dores desde os 20 minutos do primeiro tempo.

Marcelo teve uma temporada mais tranquila, e dividiu a titularidade na lateral esquerda do Real Madrid com o português Fábio Coentrão.

Mano Menezes gostaria de contar com Dedé, do Vasco, também machucado (edema ósseo na fíbula esquerda).

O treinador já afirmou que gostaria de testar Dedé ao lado de Thiago Silva. A intenção do técnico vai ter que esperar o segundo semestre.

A seleção enfrenta a Dinamarca no sábado, em Hamburgo, e então segue para mais três amistosos nos EUA.

Leia também:  Eurico Miranda é afastado da presidência do Vasco por ser acusado de apoiar vandalismo de torcida

No dia 30 enfrenta a seleção americana em Washington, quatro dias depois pega o México em Dallas, e fecha a série contra a Argentina de Messi, em Nova Jersey.

BASE OLÍMPICA

As quatro partidas vão servir para Mano definir o time que vai participar dos Jogos Olímpicos de Londres.

O técnico vai chamar 15 jogadores com idade até 23 anos “”limite para a disputa dos Jogos”” e três “veteranos”.

É muito provável que os três acima do limite de idade sejam jogadores de defesa “”daí a preocupação com o estado físico da dupla de zaga.

Nas 21 partidas à frente da seleção, Mano não pôs por nem um minuto sequer um beque com menos de 23 anos.

Leia também:  Brasil vence a Holanda e tem desafio mortal contra os Estados Unidos

Para esta convocação, chamou Bruno Uvini, do São Paulo, e Juan, da Inter de Milão, que tiveram poucas chances na última temporada.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.