Um grupo de homens e mulheres do Movimento dos Trabalhadores Assentados fez o Secretário de Finanças, Adão Nunes (PMDB), refém em seu próprio gabinete na tarde desta terça-feira (08/05).

O grupo de trabalhadores, segundo informações exigiam o pagamento imediato dos serviços prestados ao município, eles foram contratados para trabalhar a limpeza urbana.

O líder do MTA, José Aparecido Rocha, confirmou por telefone a Coluna Bastidores, que grupo foi até ao secretário para “apressar” o pagamento, “O cheque já estava assinado pelo prefeito, mas, o secretário tava meio enrolado, ai o pessoal resolveu ir até lá e pedir para o secretário apressar o pagamento”, revelou o líder.

A propósito, apesar da cena inusitada, foram poucas as pessoas que viram o grupo do MTA dentro do gabinete e desconfiaram que Adão Nunes estivesse como refém dos trabalhadores.

Leia também:  'O governador (..) não é dono do Estado' diz conselheiro
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.