Pessoas caminham diante de prédio que caiu após terremoto em Cavezzo, perto de Modena Foto: Giorgio Benvenuti/REUTERS

A Itália sofre mais um terremoto nesta terça-feira (29/05). O tremor atingiu o norte do país e agentes da defesa civil confirmaram a morte de 15 pessoas.

De acordo com a Agência Reuters autoridades afirmaram que existem várias pessoas presas sob os escombros de casas e depósitos na região de Emilia-Romagna, onde há lojas e construções que havia sido reabertas depois do terremoto de 20 de maio.

O tremor de magnitude 5,8 ocorreu perto de Modena e foi sentido na maior parte do norte e centro da Itália. No dia 20 de maio, um terremoto de magnitude 6,0 destruiu construções, onde se incluem igrejas históricas e um castelo. A partir de então moradores foram obrigados a dormir em barracas montadas nas ruas.

Leia também:  Nobel da Paz, Liu Xiaobo morre nesta manhã na China

Os serviços de trem de Bologna, perto de Modena, foram interrompidos e a imprensa local informou a Agência Reuters que escolas e prédios públicos foram esvaziados até mesmo em Florença, ao sul da Itália.

O serviço geológico dos Estados Unidos informou que o epicentro do terremoto desta terça-feira, que aconteceu a 9,6 quilômetros de profundidade, foi ao menos de 30 quilômetros de Modena, perto do tremor anterior.

Segundo a Agência Reuters, mensagens publicadas no Twitter e em outras mídias sociais indicaram que o terremoto foi sentido em vários pontos do norte da Itália.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.