A Prefeitura Municipal promoveu na manhã desta terça (29), por meio da Secretaria de Saúde, a coleta de sangue de servidores do sexo masculino com o PSA – teste laboratorial de sangue, que ajuda a diagnosticar ou acompanhar o câncer de próstata. O evento ocorreu nas dependências do Paço, e foi seguido de uma palestra educativa, ministrada pelo urologista João Fidelis do Espírito Santo Neto, no auditório da prefeitura. “Viemos trazer informações úteis para que o homem cuide melhor de sua saúde”, explica o especialista.

Fidelis diz que o objetivo da palestra é conscientizar que doenças, como o câncer de próstata, podem levar à morte se não forem diagnosticadas e tratadas corretamente. Outro alerta feito é com relação ao uso indevido de medicamentos para melhorar o desempenho sexual.

Leia também:  Preço do aluguel cai nos últimos meses em Rondonópolis| TV Agora

“A ocorrência de outras enfermidades, comuns a homens, como ejaculação precoce e retrógrada, fimose, cálculos renais, uretrites, cistite e priapismo também vai ser abordada”, conta o urologista. Segundo Fidelis, estes males afetam principalmente a vida do homem, na faixa etária entre 40 e 45 anos.

O prefeito Ananias Martins de Souza Filho entende que a prevenção para os homens é importante. “A maioria dos homens ainda tem preconceito com o exame de próstata, mas devemos pensar em nossa família, esposa e filhos, e cuidar de nossa saúde”.

PSA

O trabalho realizado pela gerente do Programa de Saúde do Homem, Camila Aoki Reina, explica que se o teste serve dealerta e não substitui o exame do toque. A coleta do sangue foi feita por enfermeiras do Laboratório Central (Lacen).

Leia também:  Nova proposta do IPTU vai reduzir imposto de cerca de 48 mil famílias

A recomendação médica é que os homens que tenham registrados casos da doença na família, façam o exame a partir dos 40 anos. Quando não há histórico familiar do câncer, o exame deve ser feito a partir dos 45 anos. O teste pode ser pelo toque retal, PSA e uma ecografia de aparelho urinário que é útil para diagnosticar também outras doenças urinárias.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.