Foto: assessoria

Diretórios municipais e estaduais dos partidos políticos devem atualizar, o mais rápido possível, a composição da direção das agremiações junto aos sistemas da Justiça Eleitoral. Entre outros motivos, conforme o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE), os diretórios precisam abrir, até o dia 5 de julho, contas bancárias exclusivas para a movimentação financeira das campanhas.

Mas, para abrir essas contas bancárias, as agremiações partidárias devem estar com os dados sobre a composição dos diretórios devidamente cadastrados nos sistemas da Justiça Eleitoral, já que as certidões necessárias para a abertura das contas correntes serão emitidas levando em consideração as informações lançadas no sistema informatizado do Tribunal Regional Eleitoral e Tribunal Superior Eleitoral.

Leia também:  Comando local do Solidariedade pode ter disputa

Qualquer discrepância entre a composição partidária real (presidente do partido, delegado, etc) e a informada no sistema informatizado poderá acarretar a emissão de certidões incorretas, inviabilizando a abertura dessas contas. A abertura da conta corrente específica é uma exigência aos partidos políticos de todos os níveis, seja nacional, estadual, ou municipal.

Os sistemas para acessar as orientações sobre a abertura da conta corrente especial podem ser acessados pelo seguinte endereço: http://www.tse.jus.br/eleicoes/eleicoes-2012/prestacao-de-contas/conta-bancaria-eleitoral-de-partidos-politicos. (W.S)

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.