Foto:comguariroba

Decisão do juiz da Vara Especializada em Ação Civil Pública e Ação Popular, Luis Aparecido Bertolucci Junior, declarou nulos todos os atos que levaram à posse do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Humberto Bosaipo, e de todas as indicações feitas por ele no órgão. Contudo, a defesa do ex-deputado, representada pelo advogado Paulo Taques, alega que a sentença não tem efeito imediato e recorrerá da decisão na próxima semana.

Na decisão, o juiz alega que o conselheiro, afastado desde o ano passado, não possui reputação ilibada, pressuposto para assumir o cargo, tendo em vista que já foi condenado, pelo próprio Bertolucci, em 4 ações de improbidade administrativa por desvio de dinheiro público.

Leia também:  Vereador Orestes apresenta emenda a Projeto de Lei do executivo e disciplina execução de obras no Município
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.