Garantir os diretos dos associados na Cooperativa de Transportes Escolares Rural de Mato Grosso – Cootermat. Neste sentido, o prefeito de Rondonópolis, Ananias Martins de Souza Filho, participou de uma reunião com a classe deste sábado (19/05). O objetivo foi ouvir as reivindicações e buscar soluções que possam garantir o crescimento e o fortalecimento do grupo. Um compromisso firmado pelo prefeito foi de reavaliar os valores repassados para a cooperativa por meio dos serviços prestados à população.

Criada há 12 anos, a Cootermat conta com 44 cooperados. Hoje apenas 37 são associados. Ananias pediu ao assessor jurídico dos trabalhadores que formule um documento com os valores estipulados durante a licitação feita a pouco mais de um ano e os valores atuais. “Vamos estudar qual o melhor caminho, respeitando a Lei, para fazer a quantificação e a recomposição de valores”, disse.

Leia também:  Prefeito passa mal e está internado na Santa Casa

A fundadora da cooperativa, Terezinha Oliveira Silva, esclarece que o acordo firmado em licitação não está sendo cumprido. Outro problema é a quilometragem feita por alguns motoristas. “Muitos foram prejudicados pela mudança na distância percorrida. Sinceramente, estamos com a corda no pescoço e precisamos de ajuda”, fala.

Na oportunidade, Ananias Filho disse ainda que vai estudar um projeto para repassar a cooperativa os ônibus escolares que o município adquiriu por meio de empréstimos. “Esses veículos devem ser cuidados e administrados por vocês. Vamos analisar e encontrar uma maneira de fazer a transferência dos financiamentos de forma adequada”, completa.

Ananias destacou a importância dos trabalhadores e a luta do grupo para ampliar e melhorar os serviços. O prefeito reconhece ainda que a Cootermat está sendo penalizada pelo baixo valor que recebe para transportar os estudantes. “O município precisa de vocês, precisa do trabalho de vocês. Então busquem argumentos jurídicos para que possamos resolver o problema da associação definitivamente”, conclui.

Leia também:  SUS em Primavera | Prefeito quer negociação justa e não cede a pressões

APOIO

O vereador Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô, é conhecedor da luta dos trabalhadores e responsável pela discussão. “Sempre dei apoio a essas pessoas porque conheço a história de cada um. Agradeço a preocupação do prefeito. Esses motoristas têm famílias para sustentar e precisam ser reconhecidos profissionalmente”, declara. Participaram do encontro também, os vereadores Adonias Fernandes, Milton Gomes da Costa, o Miltão e Cido Silva.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.