Comunidade Terapêutica Divina Providência. Foto da assessoria

A comunidade terapêutica Divina Providência inaugura neste sábado (19) às 16h, a primeira casa de reabilitação para dependente de álcool e entorpecente em regime de internação.

As atividades iniciarão com uma missa celebrada pelo Dom Juventino Kestering, no local onde irá atender em regime de internato 30 homens, com idade superior a 18 anos e que desejam se livrar das drogas ou do álcool.

O presidente da comunidade terapêutica, Marco Tulio, disse que durante nove meses os pacientes receberão atendimento baseado em três pilares (Laborterapia, Disciplina e Espiritualidade) e que a casa atende as exigências de estrutura da Associação Brasileira de Comunidades Terapêuticas, Ministério da Saúde e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). “No que se refere a estrutura, já somos exemplo na região Centro-Oeste”, afirmou Túlio.

Leia também:  Rondonópolis | Indústria é o setor que mais gerou empregos em maio

De acordo com o presidente, a comunidade é uma obra da sociedade de Rondonópolis, pois a casa foi construída com o empenho da Associação Divina Providencia e de voluntários que se dispuseram o levantar o recurso para a construção da Comunidade.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.