O Sindicato dos Bancários de Rondonópolis e da Região Sul do Estado paralisou, nesta quinta-feira (24), as atividades da agência do Banco Santander em razão da não reposição dos funcionários que foram desligados.

Sebastião Tavares, presidente do sindicato, explicou que a iniciativa é uma forma de forçar a contratação de mais servidores, pois desde o início do ano foram desligados vários funcionários do banco e sobrecarregou os trabalhadores que permaneceram na agência.

“O Santander é um banco que trabalha no limite mínimo de funcionários e no início do ano foram desligados cerca de quatro funcionários, sem levar em consideração os que se afastaram. O trabalho que já estava sobrecarregado devido o pequeno número funcionário passou a ficar insustentável”, o sindicalista acrescentou que além dos funcionários não conseguirem realizar todas as atividades os clientes também são penalizados.

Leia também:  Dia 'D' da campanha de vacinação contra a gripe acontece em Rondonópolis

O diretor regional do Santander foi comunicado pelo sindicato a respeito da situação da agência, na oportunidade foi solicitado pelo menos a reposição dos servidores que se desligaram do quadro de funcionários.

Tavares expôs que se o banco não atender a reinvindicação as agências do Santander serão novamente bloqueadas pelo sindicato na próxima semana.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.