Em carta aberta a toda população de Rondonópolis, encaminhada a Redação do AGORA MT, os servidores públicos do Serviço de Saneamento de Rondonópolis (SANEAR), explicam que desde a criação da autarquia, o Sanear tem cumprido a sua tarefa ao longo dos anos e em especial após a provação do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 01 e 02, quando os profissionais tem se esforçado ao máximo para concluir as obras de implantação de projetos complexos.

Na carta ainda e ressaltado que o município tem sido exemplo na execução das obras complementares e que diante dos fatos apresentados pela imprensa, a autarquia não poderia se calar diante de tantas acusações injustas, que hoje estariam desprezando o todo serviço realizado e prestado a população.

Os servidores ainda pontuaram na carta, que as obras do PAC 01 e 02 têm sido executadas de forma cuidadosamente analisada e aprovadas pelos os órgãos fiscalizadores. Na carta os servidores ainda fizeram uma alerta, sobre o pedido de vistas do projeto do SANEAR, aprovado durante a sessão ordinária de quarta-feira (09/05), segundo os funcionários da autarquia o pedido pode ocasionar danos maiores, como a perda dos recursos dos projetos do PAC.

Leia também:  Distrito de Boa Vista recebe Mutirão de Saúde neste sábado

Leia abaixo a carta na íntegra

 Rondonópolis, 10 de Maio de 2012.

CARTA ABERTA Á POPULAÇÃO DE RONDONÓPOLIS

Considerando os fatos que tem sido explanados pela mídia com relação a atuação do SANEAR  e os serviços prestados por esta autarquia, os servidores de carreira do SANEAR vem a público se manifestar:

O SANEAR desde sua criação tem sido responsável pelo saneamento em nosso município, tarefa que tem sido cumprida da melhor forma possível, somando esforços de profissionais com preparo técnico necessário para propor e implantar projetos complexos, tais como os projetos do PAC 1  e PAC 2, tarefas que demandam extrema dedicação e competência.

 

Ressaltando que ,dentre os municípios participantes do PAC, Rondonópolis tem sido exemplo na execução das obras contempladas pelo mesmo, não podemos nos calar diante de tantas acusações injustas, que desprezam como um todo, os serviços prestados a nossa população.

Leia também:  MP investiga causas de incêndio que destruiu 60% da aldeia Tadarimana

Todas as ações desenvolvidas, tanto na área do abastecimento de água,  como do esgotamento sanitário, tem sido realizadas com o intuito de trazer melhorias para a população; todas as obras tem sido cuidadosamente analisadas e aprovadas pelos órgãos fiscalizadores; nenhuma ação realizada pelo SANEAR é feita de forma aleatória, tanto é que todos os projetos dependem de aprovação da Câmara Municipal para sua execução, sendo esta composta por representantes eleitos pela população com a finalidade de legislar a favor da coletividade; a exemplo da matéria veiculada no site local em 10 de maio de 2012, com o título  “Projetos do SANEAR são retirados da pauta após pedido de vistas”, vale ressaltar que essas informações foram encaminhadas e explanadas, ao poder Legislativo, juntamente com os projetos de leis em 02 de Abril de 2012, tempo hábil para o conhecimento e apreciação dos vereadores.

Leia também:  Unidade Caic realiza palestra sobre saúde da mulher na quinta

Esses projetos objetos do pedido de vistas, incluem a liberação de recursos do PAC 2, faz se necessário neste momento, a atenção para que, a falta de aprovação destes projetos não ocasionem danos maiores, como a perda dos recursos já aprovados pelo Ministério da cidades, prejudicando desta forma diretamente a população de Rondonópolis, portanto fica caracterizado o cumprimento por parte do SANEAR  de todas as suas obrigações quanto a conformidade da legislação.

Pedimos á população de Rondonópolis que, neste momento, verifique os fatos de forma sensata, observando a realidade dos mesmos, evitando desta forma o julgamento e a condenação injusta daqueles que tem prestado de maneira relevante seu serviço á população de Rondonópolis.

Assinado,

Servidores do Sanear.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.