A Secretária Estadual de Desenvolvimento do Turismo, Teté Bezerra (PMDB) confirmou durante a entrega do Prêmio do Mérito Lojista 2011, que o município de Rondonópolis é o único do estado de Mato Grosso, fora Cuiabá, credenciado junto ao Comitê Organizador Local da Copa do Mundo da Copa de 2014 (COL), “Rondonópolis já conquistou um grande espaço, quando foi aprovada pelo COL como uma das cidades com possibilidades para receber uma seleção para fazer sua aclimatação em território brasileiro”.

A secretária ainda aproveitou o momento para “chamar” os empresários e a comunidade para se engajarem no projeto e começar a lutar para que Rondonópolis possa entrar em definitivo no roteiro da Copa de 2014, “Essa não é uma luta apenas dos gestores públicos, as principalmente da população, que vai poder colher grandes frutos, no turismo, na geração de emprego e renda e também na visibilidade mundial, pois só o fato de uma seleção estar treinando em Rondonópolis vai atrair para cá os olhos do mundo”, avaliou.

Leia também:  Simpósio sobre dignidade humana será realizado em Rondonópolis

Arcleidy Dias, assessor especial da Secretaria Especial da Copa (SECOPA), visitou o Centro de Treinamentos do União Esporte Clube e o estádio Municipal Engenheiro Lopes e confirmou que a candidatura de Rondonópolis é forte por toda a estrutura já existente e por causa da localização do município, “Rondonópolis têm plenas condições de ser um Centro de Treinamento de Seleções (CTS) e até um Centro Oficial de Treinamentos (COT), primeiro por causa da sua posição geográfica privilegiada, pois em Rondonópolis estamos a menos de uma hora de voo de Cuiabá, aproximadamente uma hora de Brasília, pouca mais de uma hora de Belo Horizonte e a duas horas de Manaus, ou seja, juntando estas 4 cidades sedes, teremos 20 seleções envolvidas, fazendo crescer as chances de candidatura de Rondonópolis”, avaliou.

Leia também:  1º Velo Cross acontece em setembro em Poxoréu

O prefeito em exercício Ananias Filho (PR), afirmou que irá convocar a Câmara Municipal, o segmentos organizados e a população para entrar no projeto, “Pelo que já me foi apresentado, temos boas e plenas condições de ser um centro de treinamento, precisamos trabalhar e acreditar e unindo forças vamos colocar Rondonópolis no mapa do Mundial de 2014”, disse.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.