Foto: ARQUIVO / AGORAMT

O deputado federal e presidente regional do Partido Socialista Brasileiro (PSB), Valtenir Pereira em entrevista exclusiva ao AGORA MT, revelou o que seria um acordo, para as eleições de 2012 e 2014, entre o próprio Valtenir e o presidente nacional da sigla, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, em setembro de 2011, na cidade Recife.

O acordo pré-determinou as candidaturas de prefeito e ao governo ou senado, “Quando sentamos para debater as eleições de 2012, o governador Eduardo Campos me pediu para que retirasse a minha candidatura a prefeito em 2012, para construir a candidatura do Mauro a prefeito e a minha candidatura a majoritária em 2014, (…) por isso, logo em seguida, o Mauro assumiu a presidência municipal do partido em Cuiabá, para assim ganhar mais espaço dentro do PSB e viabilizar alianças com outros partidos”, revelou Pereira.

Leia também:  Rondonópolis será sede da 11ª edição da Caravana da Transformação

O parlamentar além de revelar  o acordo, se mostrou chateado, durante a entrevista, com a possibilidade do recuo de Mauro Mendes com relação as eleições de 2012, “Ele (Mauro Mendes) não pode aos 47 minutos do segundo tempo recuar da sua candidatura a prefeito de Cuiabá, não pode haver mudanças de rumo, qualquer mudança pode ser uma tragédia, não podemos mudar o foco, ele trabalhou para ser  e é o candidato do Movimento Mato Grosso Muito Mais a prefeito, agora ele não pode tirar nenhum tijolo da parede, pois podemos correr o risco de colocar tudo a perder”, disparou o socialista.

ELEIÇÕES 2014

O deputado federal ainda fez mais uma revelação ao AGORA MT, “Já estou construído a minha candidatura ao Senado”. Valtenir disse que apesar da construção da sua candidatura, nada o impediria de atender a um possível chamado do grupo e colocar seu nome para a disputa do Governo do Mato Grosso em 2014, “A base do PSB tem me cobrado e me motivado, nos cursos de formação política nos municípios por onde tenho passado, a me lançar na disputa majoritária”, revelou.

Leia também:  Câmara começa analisar projeto que pode dar fim à repasses para Exposul
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.