Uma sequencia de acontecimentos na política local envolvendo o Partido Democrático Trabalhista (PDT), parece ter irritado o senador Pedro Taques, que segundo fontes da Coluna Bastidores em Brasília, teria ligado irritado para o presidente municipal, o apresentador e advogado, Carlos Vanzelli, questionando a presença de um traidor dentro da sigla.

A ligação de Taques teria feito um estrago dentro do diretório municipal e a identificação do traidor, que estaria levando informações da sigla e do Movimento Rondonópolis Muito Mais a conhecimento público, é uma questão de honra para as lideranças do PDT local.

A gota d’água para Taques, segundo a fonte brasiliense, seria que o traidor estaria incentivando a candidatura à vice-prefeito de um membro de outro partido, em detrimento a candidatura de um membro do PDT, dentro do arco de aliança que pretende eleger Percival Muniz (PPS) prefeito em 2012.

Leia também:  Júlio pode disputar em 2018
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.