Foto: Varlei Cordova/AGORAMT

Os 30 adolescentes internados no Centro Socioeducativo de Rondonópolis participaram na manhã desta sexta-feira (01) do “3º Torneio Estudantil Socioeducativo”.

O diretor na unidade, Marcos Araújo Silva, explicou que tem buscado esse tipo de atividade com os adolescentes como forma de tentar manter um maior contato com os internos para ajudar no processo de ressocialização, pois até o momento ficavam trancados sem qualquer tipo de atividade.

Marcos observou que o torneio marca a inauguração do campo de areia e a proposta da pratica de algum esporte foi muito bem aceita pelos adolescentes, bem como o cultivo da horta montada na unidade, que refletem positivamente no comportamento dos adolescentes no centro e também no desempenho nas atividades escolares.

Leia também:  Usando tornozeleira eletrônica, homem é preso acusado de furtar tijolos de casa em construção

A coordenadora do anexo da Escola Dom Wunibaldo Talleur no Centro Socioeducativo, Ana Paula Quirino dos Santos Strada, frisou que é muito importante essa parceria entre a escola e a direção da unidade para ajudar no processo de ressocialização dos adolescentes, pois entende que a educação faz toda diferença na vida de uma pessoa, e no caso dos adolescentes do centro é algo essencial.

Ao término do torneio o time vencedor disputou de uma partida com um time de agentes do centro para manter um contato mais humano e mostrar que são eles (os agentes orientadores) são pessoas comuns e estão apenas cumprindo seu trabalho.

O evento contou com o apoio de parceiros como a Diocese e a Secretaria de Esporte, Cultura e Lazer.

Leia também:  Presos por espionagem na PM, coronéis e cabo são exonerados da Casa Militar de MT
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.