Conferencia para criação do Plano Estadual de Habitação de Interesse Social. Foto Varlei Cordova/AGORA MT

Representantes de 18 cidades da região sul do Estado se reunirão na noite desta terça-feira (12), no auditório da prefeitura municipal, com o secretário de Estado de Cidades, Ernandy Maurício Baracat Arruda, para discutir sobre a situação habitacional nos municípios, para se seja oferecido dado para elaboração do Plano Estadual de Habitação de Interesse Social (PEHIS).

O secretário afirmou que a finalidade do Fórum é ouvir os representantes dos municípios e conhecer a necessidades de cada região para aprimorar as politicas públicas habitacionais para os próximos 20 anos.

Ernandy ressaltou que a criação do plano é fundamenta para a liberação de recursos para amenizar o déficit habitacional no Estado que hoje é estimado em R$ 130 mil. E algumas cidades contarão com o apoio do Governo para elaboração do Plano Municipal de Habitação de Interesse Social. “Mato Grosso está bem adiantado na elaboração do plano, acredito que sejamos o primeiro Estado brasileiro a criar os planos de habitação estadual e municipal. Com a criação dos projetos o Ministério das Cidades liberar mais recursos para construirmos mais casas”.

Leia também:  Confira os horários e locais de missas no feriado de Finados

O secretário-adjunto do município de Habitação, Paulo José Correia, informou que em Rondonópolis cerca de 10 mil pessoas estão inscritas para serem beneficiadas com casas em programas de habitação e com base no raio x feito para o Plano Estadual os municípios poderão se programar para atender a necessidade da população.

O prefeito Ananias Martins de Souza Filho (PR), afirmou que a busca pela diminuição do déficit habitacional é uma constante e o fórum é importante para que os municípios possam traçar as ações desenvolvidas. “Temos a necessidade de oferecer condições para que as pessoas tenham sua casa própria e essa reunião é uma forma de tentar solucionar esse problema”, conclui.

Leia também:  Projeto Mais Esporte, Mais Cidadania vai beneficiar cerca de 1.200 alunos
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.