O vereador licenciado da Câmara de Cuiabá Francisco Vuolo e o empresário Dorileo Leal (PMDB), dono do Grupo Gazeta de Comunicação, resolveram retirar seus nomes da disputa à prefeitura de Cuiabá. A decisão de ambos foi anunciada na manhã de hoje (11/06) e comunicada aos respectivos partidos PR e PMDB. Dorileo também informou ao governador Silval Barbosa que a decisão é de caráter irrevogável.

Além de não participar mais da disputa a prefeitura, Vuolo também não poderá concorrer à reeleição já que perdeu o prazo de desincompatibilização do cargo de secretário. Pela legislação, candidatos a cargos proporcionais devem se desincompatibilizar seis meses antes do pleito.

Já Dorileo alegou para deixar a disputa que não sentiu respaldo suficiente do partido para avançar no projeto. “O PMDB não estava coeso e fechado em torno de meu nome; não houve empenho em se viabilizar politicamente minha candidatura. Não posso me jogar em uma aventura ou ser o candidato do ‘eu sozinho’. Travei uma luta solitária, mas não posso avançar desse jeito”, reclamou.

Leia também:  Grupo JBS distribuiu R$ 400 milhões em propinas, diz Joesley
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.