Representantes da empresa indiana Naq Global Indústria e Química Ltda estiveram reunidos com o prefeito Ananias Filho para assinar o contrato de uma área de 20 mil m² para implantação de uma fábrica de fertilizantes em Rondonópolis. Na primeira fase a empresa deve empregar diretamente 50 pessoas e 500 indiretamente. O investimento será de R$ 7 a R$ 10 milhões.

O presidente da Naq Global, Avdhesh Mathur, explicou que Rondonópolis será a terceira sede no Brasil. “Optamos por Rondonópolis por ser forte no agronegócio e ter um alto consumo de fertilizantes, além disso, tem a questão ambiental que é o foco principal da nossa empresa e é preciso ser realizado aqui”, fala.

Segundo o presidente a empresa estima produzir duas mil toneladas de fertilizantes por mês e a metade da produção será consumida dentro de Mato Grosso. “A ideia é ajudar o produtor para que ele possa receber um produto de qualidade. São fertilizantes especiais que vão acrescentar na nutrição das plantas”, conta.

Leia também:  População deve se reunir novamente em manifestação de 'luto' pelo fechamento da UTI Pediátrica

A empresa acredita que em dois anos estará com o projeto da fase 1 e 2 prontos. A data para a colocação da pedra fundamental ainda não foi marcada, mas o presidente Avdhesh faz questão que o dia seja escolhido conforme a sua cultura, em um dia que seja auspicioso. “Uma cerimônia com as tradições indianas farão parte da inauguração da pedra fundamental”, alega.

O prefeito Ananias falou que o munícipio vai providenciar para que sejam abertas as ruas que darão acesso à indústria que ficará as margens da BR-163, abaixo do antigo Mata Boi. “Também vamos fazer uma ação para que a Rede Cemat coloque energia no local. Toda a documentação será organizada pelos secretários dos setores responsáveis para que a empresa inicie as obras o quanto antes”, comenta.

Leia também:  Implantação de coletor tronco de esgoto irá interditar parcialmente Fernando Corrêa

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.