Depois da aprovação, em fevereiro, da lei da Ficha Limpa para as eleições municipais deste ano, foi à vez dos deputados da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro aprovarem a medida na tarde desta terça-feira (26) para os concorrentes ao cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado.

Assim, só poderão concorrer ao pleito aqueles candidatos que não tiverem condenações em segunda instância.

A proposta de emenda constitucional nº 22 foi aprovada, por unanimidade (48 a 0). Os ocupantes ao cargo de conselheiro são escolhidos pelos próprios deputados.

Advertisements
Leia também:  Ferraz deve fazer nova reportagem sobre grampos

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.