Durante o encontro dos integrantes do Gabinete de Gestão Integrada (GGI) juntamente com o Ministério Público que ocorreu no prédio da Acir, o promotor criminal Henrique Schneider acabou se irritando com a imprensa. Schneider que foi convidado a estar na reunião para falar sobre a implantação das tornozeleiras eletrônicas ficou incomodado com as perguntas da imprensa sobre as vistorias que estavam sendo realizadas no presídio da ‘Mata Grande’.

“Se eu soubesse que era para falar da ‘Mata Grande’ não teria me descolocado da minha sala até aqui. A imprensa jogou a isca e eu cai, me disseram que era para falar sobre as tornozeleiras e chegando aqui tive que falar um assunto que não queria. Se soubesse não teria vindo”, fala o promotor após o término da entrevista que estava sendo gravada.

Leia também:  Situação do Gasp ainda indefinida
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.