O Ministério da Cultura homologou o tombamento do conjunto arquitetônico, urbanístico e paisagístico da cidade de Cáceres. A decisão foi publicada em Diário Oficial da União, que circula nesta terça-feira (26/06), após manifestação do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural ocorrida em dezembro de 2010.

O município foi fundado em outubro de 1778, pelo tenente de Dragões, Antônio Pinto Rego e Carvalho por determinação do quarto governador e capitão general da capitania de Mato Grosso, Luís de Albuquerque de Melo Pereira e Cáceres. Chamada como Vila-Maria do Paraguai, em homenagem à rainha reinante de Portugal, em 1860 a vila já tinha uma Câmara municipal, mas só foi elevada a município em 1874, com o nome de São Luiz de Cáceres, em homenagem ao padroeiro e ao fundador da cidade.

Leia também:  Morre aos 86 anos a 1ª prefeita de Várzea Grande e ex-deputada de MT

Passou a ser chamada apenas de Cáceres em 1938. A cidade já foi escolhida como um dos municípios brasileiros Indutores do Turismo, compondo o Plano Nacional do Turismo 2007-2010, segundo dados do Executivo.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.