O presidente da União Rondonopolitana de Associação de Moradores de Bairros (Uramb), Hélio Luz, argumenta sobre o texto publicado em bastidores com título “Eterno presidente pode ser deposto”, sobre a insatisfação de alguns presidentes de bairro e um possível motim para retirá-lo da diretoria.

Hélio expôs que a permanência à frente da Uramb é resultado do processo democrático por meio de eleição e em obediência ao estatuto social da Uramb, “um legado reconhecido pelos associados e pela população”.

Em relação a falta de atitude do presidente, citada no bastidor, Hélio defende que conquistou a sede própria; um centro de eventos; um centro de geração de renda, o qual muito contribuiu para formação de pessoas, porém se encontra parado atualmente em razão da edificação que precisa passar por reforma, mas que já está sendo solucionado com o apoio do deputado estadual Nininho e do Governo do Estado. Além de uma chácara no Jardim Tancredo Neves com uma casa construída  e com muita plantação, tudo resultado do trabalho da diretoria e do presidente.

Leia também:  Com maior índice de reclamações, serviço de energia elétrica é tema de debate em Rondonópolis

“Uma ação mais recente foi nossa efetiva participação na Conferência da Transparência e Controle Social, nas três esferas: municipal, estadual e federal. Para a etapa nacional fui eleito representante pelos movimentos sociais, em Cuiabá. Em segundo lugar pelo reconhecimento a minha atuação” conclui Hélio que destacou também a prestação de contas que é feita anualmente para os associados sobre a movimentação financeira da URAMB.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.