Foto: VEJA

Um dos suspeitos de participação na morte do jornalista Décio Sá foi assassinado na noite desta terça-feira (12), na Vila Talita, na Raposa. Valdênio José da Silva foi preso, dias após a execução do jornalista, por suspeita de ajudar na fuga do assassino. Ele ficou detido por trinta dias e foi liberado em seguida.

Valdênio estava em casa quando um homem efetuou cinco disparos por uma janela entreaberta da residência. A vítima estava ao lado da esposa no momento do assassinato. Valdênio foi  apontado como um dos envolvidos na morte do jornalista Décio Sá através do Disque-Denúncia.

Entenda o caso
Décio foi executado no dia 23 de abril com cinco tiros, em um bar, na Avenida Litorânea. De acordo com testemunhas, os suspeitos chegaram em uma motocicleta, executaram o jornalista e fugiram do local.

Leia também:  Homem é preso após jogar ácido contra ex-cunhada

Qualquer informação sobre os assassinos do jornalista, pode ser passada ao Disque-Denúncia, pelos telefones 3223-5800, na capital, e 0300 313 5800, no interior do Estado. Não é necessário se identificar.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.