Foto: J.R. Duran

O glutén é uma proteína vegetal presente em todos os alimentos que levam trigo, centeio, aveia, malte e cevada. Está em pães, massas, biscoitos e bolos. A proteína ganhou destaque nas notícias de celebridades depois que várias famosas a deixaram de lado com a intenção de perder peso. Luciana Gimenzes admite e diz que queimou seis quilos. Já Juliana Paes Miley Cyrus, que também cortaram o glúten e perderam peso, alegaram ter doenças relacionadas à ingestão dele.

A perda rápida de peso das famosas chamou atenção das mulheres para a possível relação do glúten com o ponteiro da balança. Muitas das maravilhas pregadas por aí, no entanto, não são verdadeiras. Pesquisamos sobre o assunto e revelamos os mitos e verdade sobre o glúten.

Leia também:  Bullying é um assunto para a Psicologia?

Mitos

– O glúten não faz mal para aquelas pessoas que não possuem a doença Celíaca.

– Não há nenhum estudo que comprove que a circunferência abdominal diminui pelo corte do glúten da alimentação.

– Não há evidências que comprovam a relação da proteína com a obesidade.

Verdades

– Há relação, sim, entre o corte do glúten da alimentação e a perda de peso, pois a maioria dos alimentos que possuem a proteína são muito calóricos e fontes ricas em carboidratos. Porém, a redução do peso acontece da mesma maneira se a pessoa retirasse de sua dieta algum outro item.

– A redução do glúten faz com que a pessoa tenha mais disposição.

O que você não pode esquecer

Leia também:  Certas profissões podem aumentar o risco de artrite reumatoide

Cortar totalmente qualquer item da alimentação pode ter consequências ruins para o organismo. A melhor forma de perder peso é seguir uma dieta saudável e praticar exercícios físicos. Se quiser cortar o glúten da dieta, consulte um médico.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.