Foto: assessoria

O jogo aconteceu na tarde de sábado (23) no estádio Dutrinha. O Alvinegro entrou em campo com Heverton Pereca no gol; Alex na lateral direita, Ricardo e Cris na zagua e Rogerinho na lateral esquerda; Cleber, Kiko e Julian de volantes e Paulinho no meio campo; Thiago Furlan e Cristiano Tiririca no ataque. O técnico Celso Teixeira seguiu a formação tática dos últimos treinos e o Mixto começou o jogo com 3 volantes.

O Tigre iniciou jogando bem e teve as primeiras chances de gol do jogo. Aos 10 minutos o Mixto pressionou o time maranhense, na terceira cobrança seguida de escanteio o atacante Thiago Furlan abriu placar com gol olímpico.

A torcida comemorou muito, mas a alegria durou pouco pois logo em seguida o Sampaio conseguiu o empate após falha da zagua mixtense.

Leia também:  Circuito de Tênis tem inscrições abertas para torneio em Cuiabá

A partida seguia equilibrada. O Mixto teve duas boas chances, primeiro com o volante Cleber e depois com Furlan. Mas o zagueiro Cris derrubou o jogador adversário dentro da área e o juíz marcou penalti, que foi convertido.

Após a virada o jogo perdeu emoção e poucas vezes os dois times chegaram com chances de gol, numa delas o atacante Tiririca quase empatou para o Mais Querido.

Tentando reverter o placar, o técnico mixtense fez alterações no time. Colocou Dio no lugar de Rogerinho na lateral esquerda e Sidinei no lugar de Paulinho, no meio campo.

Na segunda etapa de jogo o Mixto novamente começou melhor. Criou algumas oportunidades e quase marcou em duas ocasiões.

O Mixto voltava a dominar e abafava o adversário. No entanto, mais um erro: o time cuiabano perdeu a posse de bola e tomou um contra-ataque que resultou no terceiro gol.

Leia também:  Cuiabá Arsenal perde para o Rondonópolis Hawks

O gol foi um balde de água fria nas pretensões do Mais Querido, que não teve mais forças para reagir. Em boa vantagem no placar, o Sampaio Correa apenas administrou o resultado.

O Mixto folga na próxima rodada do Brasileirão e volta a campo somente no dia 8 de julho, contra o Comercial do Piauí, em Teresina.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.