Uma reunião na capital mato-grossense ocorrida ontem (20/06) com a presença dos vereadores do Partido Social Democrata, Milton Mutum, Mohamed Zaher e dos deputados estaduais Percival Muniz (PPS) e José Riva (PSD), praticamente definiu o nome de Mohamed como o candidato vice-prefeito numa eventual coligação entre os dois partidos e as outras siglas que compõem o Movimento Rondonópolis Muito Mais (MRMM).

A confirmação da reunião entre os vereadores e os deputados foi feita pelo presidente municipal do Partido Democrático Trabalhista (PDT), o advogado e apresentador de TV, Carlos Vanzeli, “eles (vereadores) deixaram Rondonópolis logo após encerrada a sessão da Câmara, foram de avião até Cuiabá para a reunião com Percival e Riva”, confirmou Vanzeli.

Segundo o democrata trabalhista, apesar da indicação do nome de Mohamed como vice de Percival, o nome do vereador ainda terá que passar pelo crivo dos outros partidos que compõem o MRMM, “Já existem nomes postos para uma eventual candidatura a vice caso Percival seja o candidato do grupo, (…) o PDT apresentou o meu nome, o PSB, apresentou o nome do empresário, Jamílio Adozino de Souza, o PV, apresentou o nome do professor, Flávio Silveira e mais recentemente o PSC apresentou o nome do empresário Neles Farias”, ponderou Vanzeli, que não se opôs a entrada do PSC no MRMM, “Não existe um pré-julgamento, mas, o próprio Percival sempre nos disse que a decisão do nome do vice teria que ser um consenso entre todos os partidos do movimento”, garantiu.

Leia também:  Mais de 300 cirurgias são realizadas no segundo dia de Caravana

Sem memória

O vereador Mohamed Zaher talvez tenha sido um dos mais ferrenhos adversários políticos do deputado estadual Percival Muniz. A “briga” entre dois é antiga, desde a época em que Mohamed era vereador do PMDB e um dos mais aguerridos defensores do ex-prefeito Alberto de Carvalho, quando inclusive, o vereador acusava Percival de colaborar para o processo que culminou com a saída de Alberto da prefeitura, permitido assim que Muniz fosse prefeito pela primeira vez, quando então Mohamed reeleito, atuava com total afinco na oposição a Percival.

Por sua vez, na última campanha eleitoral (2010), quando Percival se reelegeu deputado estadual e trabalhou intensamente para eleger o senador Pedro Taques (PDT), o deputado distribui entre os carros de som da sua campanha um jingle que chamava de balaio de gatos, a união de seus adversários com o deputado estadual José Riva.

Leia também:  Primeiro Ciec de Mato Grosso será construído em bairro com maior vulnerabilidade social

O vereador Mohamed, que agora aparece como virtual vice de Percival, disse que está chegando ao MRMM para somar, “Ainda não é uma questão fechada, mantivemos uma reunião, que foi muito proveitosa e o meu nome foi indicado pelo PSD com o total apoio de Riva para ser o vice de Percival, (…), nós estávamos com um grupo de partidos (PSDB, PSC, PT) elaborando um projeto, bem como o Percival estava discutindo o seu projeto com os partidos que o apoiam, então vamos primeiro conversar com eles para só depois apresentar o nosso nome como vice”, revelou Mohamed.

O vereador Mohamed ainda revelou que as “brigas” com Percival sempre foram no campo das ideias e que sua atuação era de um vereador que sempre quis o bem da cidade, “ Nunca fui inimigo do Percival, sempre o tratei com educação e elegância por isso não vejo problemas em ser seu vice-prefeito”.

Leia também:  Indea abre inscrições para treinamento voltado a médicos veterinários autônomos
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.