O Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) pede que os moradores da região da grande Vila Operária, que comporta mais de 60 bairros, entre eles, Jardim Liberdade, Jardim Nova Era, Vila Mineira, Jardim das Flores, Jardim Primavera, Vila Operária, entre outros, tenham consciência e não liguem o esgoto de casa na rede de esgoto que foi construída no local.

De acordo com o Engenheiro Sanitarista do Sanear, Jamal Badie Daud, as ligações clandestinas feitas por alguns moradores estão poluindo o Córrego Canivete. “Nós ainda não finalizamos as obras da rede de esgoto na região. Já fizemos cerca de 95%, mas a elevatória, responsável por receber o esgoto e bombeá-lo para a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) e as tubulações coletoras não estão concluídas. Com isso, o esgoto clandestino acaba caindo no córrego”, disse.

Leia também:  Rondonópolis e outros 10 municípios terão novas viaturas para reforçar a segurança

As obras da rede de esgoto na região da grande Vila Operária, nomeada de Bacia A, fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) I. A rede de esgoto passa em frente às casas e, segundo Jamal, os moradores estão instalando canos de ligação entre a fossa ou diretamente do esgoto para a rede. “Esses moradores não tem autorização para fazer isso e estão prejudicando o meio ambiente”, afirmou.

Assim que as obras forem concluídas, o próprio Sanear vai fazer toda a ligação correta da rede de esgoto. Os resíduos vão passar pelos coletores até chegar na Estação Elevatória Canivete, que está em fase de conclusão. De lá, o esgoto vai ser bombeado para a Elevatória 13 de Maio, da 13 de Maio para a Nova Canaã e então para a ETE. Por enquanto, nenhum morador paga taxa de esgoto, somente o consumo de água, por isso, não podem haver ligações entre a rede de esgoto e as casas. “Sem a elevatória, o esgoto vai continuar caindo in natura no córrego, por causa da imprudência dos moradores”, explicou Jamal.

Leia também:  Grupo de debate pelo WhatsApp premia destaques de MT
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.