O Ministro do TSE, Marco Aurélio de Mello, deferiu parcialmente em favor da medida cautelar pedida pelo ex-prefeito José Carlos do Pátio (PMDB) para que ele volte a ficar elegível. Após a publicação no Diário Oficial que deve acontecer na semana que vem Pátio passaria a ter condições para se candidatar ainda nas eleições municipais de 2012.

Pátio havia pedido uma ação para suspender o acórdão do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), mas na ocasião foi negado. Então a defesa de Pátio entrou com um agravo regimental contra a decisão e foi atendido parcialmente pelo ministro Marco Aurélio que decidiu dar elegibilidade a Pátio, mas negou o pedido para que ele volte ao cargo de prefeito de Rondonópolis.

Leia também:  Medeiros busca protagonismo dentro do Podemos

Com essa possibilidade, a presidente municipal do PMDB, professora Paula Costa, declarou que o partido vai reavaliar internamente essa nova reviravolta no quadro eleitoral.

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.