Pessoas acima dos 60 anos de idade conveniadas a um plano de saúde poderão ter direito a maior celeridade para realização de exames, conforme assegura um Projeto de Lei que tramita na Assembleia Legislativa de Mato Grosso. A proposta apresentada pelos deputados estaduais, Ondanir Bortolini –Nininho (PR/MT) e Luciane Bezerra (PSB) defende que os exames sejam realizados e entregues ao usuário do sistema de saúde, da melhor idade, num prazo de 24 horas.

De acordo com Nininho a medida busca resguardar o direito à saúde desse público e afasta a possibilidade dos convênios demorarem a conceder a autorização.

“Sabemos da fragilidade da saúde do idoso, que se submeteu à consulta médica e precisa do resultado dos exames para iniciar o tratamento. Defendemos que maior rapidez na entrega dos exames, para diminuir os riscos de saúde”, destaca o parlamentar.

Leia também:  Servidores de Rondonópolis recebem pagamento no Dia do Funcionário Público (28/10)

Sendo assim, o PL obriga as empresas que atuam nessa área a autorizar todos os exames que necessitam de análise prévia.

Quem descumprir o prazo, caso seja aprovada essa proposta, estará sujeito a advertência e multa.

Advertisements
COMPARTILHAR
Artigo anteriorEnquanto isso …
Próximo artigoLDO é aprovada com 11 emendas

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.