O posto onde o segurança M.H.L. (71) trabalha foi alvo de roubo na noite deste domingo (10/06) no bairro Vila Goulart. De acordo com a Polícia Militar (PM), foi levado do estabelecido o dinheiro relativo ao movimento do final de semana, mas que o proprietário do posto não soube dizer o valor.

O segurança M.H.L. informou a PM que havia feito ronda no pátio do posto e em seguida tinha sentado em uma cadeira. A vítima disse que logo depois um suspeito o abordou por trás e armado o rendeu. M.H.L. explicou que o suspeito o obrigou a ficar de joelhos, amordaçou sua boca com um tecido, amarrou suas mãos e colocou um capacete em sua cabeça.

Leia também:  Após perseguição, veículo tomba e PM apreende entorpecentes dentro de veículo

O senhor M.H.L. afirmou que criminoso exigiu-lhe para que mostrasse onde estava o dinheiro e como respondeu que não sabia, o suspeito pegou uma faca, encostou em seu pescoço e o levou até o escritório.

Em seguida o suspeito chamou dois comparsas que estavam escondidos atrás de caminhões e segundo o segurança M.H.L., os três criminosos arrombaram a porta do escritório, reviraram o lugar e depois foram até outro cômodo que serve de almoxarifado que também foi revirado.

De acordo com a PM, o trio de suspeitos desamarrou o segurança M.H.L. e mandaram para que ele ficasse de frente para parede. M.H.L. disse que ouviu o momento em que os criminosos fugiram em direção aos caminhões estacionados no pátio do posto e escutou um barulho de moto que saiu a caminho do Cais.

Leia também:  Homem é eletrocutado enquanto pintava prédio em Rondonópolis

A PM informou que a faca usada no roubo foi deixada no local e que os suspeitos não levaram outros objetos de valor como computadores, notebook, e o celular do segurança M.H.L. que foi desmontado. O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Roubos e Furtos (DERF).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.