Visando inserir o maior número de cidadãos no mercado do trabalho, a Prefeitura Municipal dá continuidade a divulgação das vagas em aberto dos cursos oferecidos pelo Programa Nacional de Acesso à Escola Técnica e ao Emprego (Pronatec). “Os cursos profissionalizantes são feitos para preparar o aluno; tais cursos são essenciais na hora de competir por um emprego. O profissional que possui algum curso profissionalizante leva uma grande vantagem sobre aquele que tem apenas o ensino básico”, diz o prefeito Ananias Martins de Souza Filho.

No Senai os interessados vão encontrar vagas em aberto para dois cursos: o de Recepcionista para Eventos e o de Pizzaiolo. Segundo a gerente do Núcleo de Geração de Emprega e Renda do Departamento de Políticas de Trabalho, Neuly Paiva Borotta, é preciso que os interessados se apressem a realizar a pré-matricula. “O prazo para 1ª chamada já foi encerrada, e o número de vagas restantes para a 2ª chamada é limitado”.

Leia também:  Que tal, macarrão com camarão para hoje?

Ambos os cursos ocorrem no período matutino, das 7h30 às 11h30. No Senac, as vagas em aberto são oferecidas nos cursos de Ajustador Mecânico Noturno – 19 às 22 horas e Mecânica e Manutenção de Motocicletas, ministrado das 13h30 até as 17h30.

A secretária de Promoção e Assistência Social, Neuma de Morais, explica que a parceria entre a pasta e os órgãos do Sistema S (Senaim Senac e outros), onde são ministrados os cursos, tem o objetivo principal de qualificar o cidadão. “Para tanto o Governo Federal oferece inclusive uma ajuda de custa aos alunos, que é de um real por hora/aula”.

Para se inscrever, os interessados devem procurar um dos cinco Centros de Referência da Assistência Social (Cras) ou a sede da Secretaria de Promoção e Assistência Social, localizado na Rua Washington Luiz, bairro La Salle, ao lado do Fórum de Rondonópolis.

Leia também:  Mato Grosso fica em 2º lugar no ranking de geração de empregos em todo o Brasil

PRONATEC

Criado em outubro de 2011, o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) tem como objetivo principal expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de Educação Profissional e Tecnológica (EPT) para a população brasileira. Para tanto, prevê uma série de subprogramas, projetos e ações de assistência técnica e financeira que juntos oferecerão oito milhões de vagas a brasileiros de diferentes perfis nos próximos quatro anos.

A principal novidade do Pronatec é a criação da Bolsa-Formação, que permitirá a oferta de vagas em cursos técnicos e de Formação Inicial e Continuada (FIC), também conhecidos como cursos de qualificação. Oferecidos gratuitamente a trabalhadores, estudantes e pessoas em vulnerabilidade social, esses cursos presenciais serão realizados pela Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, por escolas estaduais de EPT e por unidades de serviços nacionais de aprendizagem como o Senac e o Senai.

Leia também:  Prefeitura disponibiliza certidões online sem ônus para população
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.